Olá!!!

Gente o espírito da alegria está no meu corpo hoje porque é Sexta-feira e eu precisava dela!!!! =D

Bom, hoje eu vou falar sobre relacionamentos! Papo que meninas adoram, mas diria que os meninos também poderiam usar e muito o post de hoje!

Como vocês sabem eu acabei de voltar de férias e sim eu sou casada e não meu marido não foi viajar comigo. Diversas pessoas, muito queridas e amigos próximos, acharam isso super estranho e eu me surpreendi com algumas reações e queria falar um pouquinho de como isso é bom e saudável.

Não é a primeira vez que eu e Pedro Jaime fazemos isso e mesmo que sejam viagens para outros Países não nos importamos, porque eu queria era saber aonde está escrito que viajar sem o seu companheiro(a) é motivo para separação? Eu e Pedro Jaime somos super novinhos, portanto não adianta tomar como modelo o casamento dos nossos pais para tocar o nosso, porque vivemos em outra época. Também não adianta achar que o casamento dos nossos amigos tem o modelo perfeito, porque o modelo perfeito pro nosso casamento quem cria é a gente!

Eu sei que esse lance também é bem cultural, normalmente nós Brasileiros não estamos acostumados com esse tipo de situação, soa estranho porque garanto que assim como meus pais o de muitas leitoras aqui vão até na padaria juntos e tem algum problema nesse modelo de casamento? Claro que não! Se é assim que eles são felizes é assim que tem que ser.

Eu ouvi tanto ”Coitado,como ele vai se virar pra cozinhar!”…”Coitado e a casa quem vai limpar?”…”Gente e o mercado quem vai fazer?”…”Ele sabe se virar sem você?”….Pois é, eu não acho ruim que as pessoas tenham me dito isso, porém isso me fez refletir no quanto que eu deveria mesmo ter me casado exatamente com quem eu me casei! Porque pelas coisas que ouvi de MENINOS E MENINAS eles certamente não teriam essa flexibilidade, que eu não vivo sem.

O mais engraçado é que o Pedro morou sozinho muitos anos e quem me ensina coisas sobre como organizar a casa,o que é melhor de comprar no supermercado,como lavar a louça e até coisas sobre roupas é ele!

Eu não gosto de expor minha vida mais íntima aqui no blog, mas neste caso eu preciso compartilhar com vocês um novo modelo de vida, porque ele existe, ele é real, ele é possível, ele é saudável e ele só faz bem!

Enquanto eu fui viajar com uma amiga, o Pedro fez uma viagem pequena com os amigos dele da época da faculdade e eu poderia ter ficado me moendo de ciúmes porque não sou tonta e sei que TODO mundo teve seu casinho na época da facu, porém eu estava curtindo muito também com uma amiga da época da Faculdade e os dois tiveram histórias pra lá de engraçadas pra contar quando nos encontramos, até salvar um amigo que estava correndo da polícia ele salvou!

Enquanto eu comia coisas novas, ria horrores com a minha grande amiga, bebia coisas diferentes, visitava verdadeiros paraísos, fazia compras, tirava fotos, pegava trem, falava mal dos outros melhores amigos (brincadeira) e etc…O Pedro viu o todo o seriado que ele ama que é chato pra caramba, saiu quase todos os dias com os meninos do mal, estudou,trabalhou,viajou,comeu as comidas americanas nojentas (nem todas são que fique claro) e se divertiu da maneira dele!

Ah o encontro! Eu fiquei muito doente no avião e o Pedro tinha dito que ele tinha uma reunião importante e que não daria pra ir me buscar, então eu estava lá sofrendo pensando que ia ter que pegar um táxi e que iria demorar uma vida, mas daí quando eu sai ele estava lá todo meu, querendo saber de tudo! Foi tanta falação das coisas que aconteceram com a gente que um interrompia o outro o tempo todo!

Não tem essa de deixar o namorado sair e ficar fazendo da vida dele um inferno mandando mensagens desesperadoras! Quando você solta de coração é gostoso!

Acho bem típico da cultura brasileira ter mais ciúmes e se sentir mais inseguro, isso seria até um outro post, porque a nossa baixa estima vem de muito tempo e por questões até mesmo políticas/econômicas, mas quanto te custa tentar? Ir aos poucos? Se alguém for te trair vai te trair de qualquer forma e vai machucar de qualquer forma, mas não pense sempre no pior! Esse é o ponto! Claro que pra quem tem traumas isso é mais difícil, mas não foi fácil pra mim da primeira vez que ele foi, mas me mantive serena e tentei aproveitar pra fazer as coisas que eu gostava sem ele e acabei me viciando hahahahaha

Gente, dá pra ser muito mais feliz do que você pensa. Eu diria que é por isso eu adoro de paixão conhecer gente estranha, pessoas de outros Países, outros Estados,outras comunidades! Tem tanta forma gostosa de viver que a gente nem sabia que talvez funcione melhor pro seu relacionamento.

Que fique claro que eu não estou criticando quem é casal grude que faz tudo junto, afinal estaria criticando os meus pais e eu não acho isso errado, o que eu acho errado é a insistência em um modelo que não te faz 100% feliz e que você teima em achar que é o único!

Bom, coloquei algumas fotos da viagem pra vocês verem!!! Espero que esse post inspire um novo comportamento, de coração é o que eu desejo nessa Sexta-Feira digna de ser feliz!!!!

dublin Irlanda Irlanda3

Achar joaninha é sinal de sorte =D

Irlanda4

Essa foto é tão verdadeira! Encontramos uma Portuguesa lá super engraçada que pegou minha câmera e ficou tirando fotos da gente igual uma maluca!

Irlanda5

Irlanda6

Carregando a amiga pras compras!

Irlanda7 Irlanda8 Irlanda9 london1 london2 london3 london4 london5 london6 london7 london8

Tem gente que compra souvenir, eu compro peças de roupas na loja favorita pra ficar na lembrança!

london9 london10

Beijos!

Carol.